Veja o futuro antes dos outros - Por Roberto Shinyashiki


Quando as pessoas não enxergam adiante pagam pela falta de visão. Pagam com suas empresas, seus empregos, amores, momentos de felicidade, coisas que só valorizam depois que perdem

 

“Roberto, o que é visão?”
Visão é a arte de ver o invisível.
Visão é a arte de ver oportunidades onde a maioria das pessoas só vê problemas.

A visão transforma você numa pessoa especial. Quando vê o que quase todos vêem, deixa de ser alguém especial e vira maioria, e a maioria, infelizmente, é muito limitada.

 

Ver além do horizonte cria a competência necessária para aproveitar as oportunidades no meio das ameaças.

O verdadeiro empreendedor consegue enxergar o que está escondido nas entrelinhas. Ele se antecipa. Para as pessoas comuns, o ano de 2015 é um acontecimento do futuro; para os empreendedores, acontece hoje, pois sabem que o futuro é conseqüência do presente.

 

Um empreendedor sabe que existem duas batalhas ocorrendo ao mesmo tempo: a do presente e a do futuro. Ele se dedica a vencer a luta do presente, mas não esquece que há outra batalha no horizonte: a do imaginário, para conquistar o futuro.

 

Um vencedor não se acomoda com o sucesso de hoje. Ele sabe que na garupa do sucesso sempre vem o fracasso. E, se não se empenhar, correrá o risco de amargar derrotas no futuro.

 

O sucesso tende a levar à acomodação. Pior ainda: leva à idéia de que as razões que nos fizeram vencer no passado vão continuar nos conduzindo ao pódio. Bobagem...

 

A visão faz com que o indivíduo sempre esteja alerta para aproveitar as oportunidades. Ele consegue ver além do horizonte, pois enxerga como o mundo poderia ser.

Há uma historinha que ilustra bem a capacidade do empreendedor de ir além da perspectiva normal das pessoas:

 

 

Um rapaz caminhava triste, curtindo a dor de sua inesperada demissão, num dia de verão em que fazia um calor brutal. Um barulho gostoso de crianças chamou sua atenção e ele olhou para dentro da casa de onde vinham aquelas vozes.

 

As crianças estavam na piscina fazendo uma algazarra, mergulhando, rindo. Ele reparou, então, num escorregador abandonado ali perto. Por alguns momentos, ficou pensando por que os pais não integravam o escorregador às brincadeiras na piscina. Nesse momento, ele viu o futuro!

 

O próximo passo foi a inauguração do primeiro parque aquático, e toneladas de dinheiro para seu criador! O que para uma pessoa comum é a simples cena de um escorregador perto da piscina, para o empreendedor se transforma num parque aquático! Quando as pessoas descobrirem que adorariam escorregadores nas piscinas, vão perceber que um empreendedor já o construiu.

 

Aqui vai uma sugestão para desenvolver seu espírito empreendedor: caminhe alguns minutos no horário de almoço olhando as pessoas e os estabelecimentos comerciais que for encontrando e dê asas à criatividade. Imagine serviços e produtos que poderiam melhorar a vida dessas pessoas e empresas.

Foi assim que se criaram pizzarias para viagem, videolocadoras, lojas de conveniência, vendas pela Internet e milhões de outras iniciativas que promoveram o sucesso de empreendedores.

Em todos os lugares do mundo, as pessoas reclamam das altas taxas de impostos. Mas o imposto mais caro é o da falta de visão. Quando as pessoas não enxergam adiante têm de pagar por sua falta de visão.

 

Pagam com suas empresas, seus empregos, amores, momentos de felicidade, coisas que só valorizam depois que perdem. Roberto Shinyashiki

 

(Voltar)

                                                                                                (Próximo)


Planejamento
Estratégico®





Desenvolvido por Dinamicsite 2005 - 2014

Consultoria Simplificada e Cursos para

a Pequena e Microempresa


setas_direcao.gif
 Visualizar as melhores decisões......

setas6.gif

 melhor_desicao.gif